Boa Cama, Boa Mesa

Siga-nos

Perfil

Perfil

Boa Mesa

Este prato é uma joia, chama-se Bulgari e só pode ser provado em Lisboa!

A capital portuguesa é a primeira cidade no mundo onde é possível comer Bulgari, um prato que pretende ser uma joia da cozinha italiana e que foi, a propósito, batizado com o nome desta marca de luxo.

A ideia partiu do casal Alessandro e Stefania Laganá, ele originário da capital italiana e ela com Roma no coração, desde há cinco anos proprietários do restaurante Il Matriciano (Rua de São Bento, 107, Lisboa. Tel. 213952639), situado frente à Assembleia da República.

É a origem romana, a mesma de Bulgari, que une a marca ao casal e permite a concretização de um prato inspirado na identidade da chancela criada por Sotirio Georgis Bulgari, precisamente há 135 anos.

Foto: Cortesia Tânia Fernandes/Canela & Hortelã

Naturalmente sofisticado, o prato é preparado pelo chefe do restaurante, o “mago della pasta”, Francesco Paolo, que escolheu spaghetti, como ingrediente principal, para lembrar a serpente, símbolo incontornável da Bulgari, encontrado nas diversas criações da “maison” italiana, desde a joalharia à relojoaria, passando pelos acessórios. Já o açafrão, o pó de ouro, as trufas pretas e os amores-perfeitos, que remetem para as cores das jóias com que Bulgari sempre presenteou os fãs da marca, assim como algumas ameijoas completam o prato. O preço de Bulgari será de €20 e já está em permanência na ementa do Il Matriciano.

Alessandro Langaná descreve Bulgari como um prato, que contém “vários tipos de ouro, desde o pó de ouro ao ouro da terra que é a trufa e uma ameijoa que dá um toque muito elegante ao spaghetti, que lembra a serpente, culminando num sabor muito delicado e num prato muito importante para nós pela associação do nome Matriciano a Bulgari”.

Foto: Cortesia Tânia Fernandes/Canela & Hortelã

Conta ainda que quando apresentaram a ideia à Bulgari receberam a visita de Boris Barboni, managing director para Portugal, Espanha e Andorra, que também é de Roma. “Dei a provar o prato, ficou surpreendido e contente, achou a ideia de combinar a cozinha com a moda genial pelo facto de o restaurante Il Matriciano ser de Roma e a Bulgari também, fez-se um bom casamento”.

Refira-se ainda que a Bulgari é proprietária de vários resorts nomeadamente em Milão Londres, Dubai, Bali, Beijing Xangai, com previsão de abertura de outras unidades em Paris, Moscovo e Tóquio, entre 2020 e 2022, mas esta é uma iniciativa diferente, conforme nos conta a Cristiane Aguiar, Store Manager da Bulgari em Portugal. “Esta iniciativa foi espontânea, não é um plano de marketing, deve-se à empatia com Alessandro e a sua família, à descoberta do restaurante Il Matriciano e da sua culinária, integrada na tradição familiar romana, tudo fez muito sentido porque somos italianos, mas também romanos, estamos lisonjeados que tenha criado um prato de spaghetti Bulgari”. “É uma combinação, que nos dá muito gosto e somos privilegiados porque em Lisboa temos um prato Bulgari”, acrescenta.

Foto: Cortesia Tânia Fernandes/Canela & Hortelã

Il Matriciano - nome escolhido para homenagear o molho “all’Amatriciana” (guanciale, uma espécie de toucinho, tomate san marzano, vinho branco, pecorino e pimenta vermelha) - destaca-se por ser um restaurante genuíno, em que 70% dos ingredientes são importados de Itália e praticamente todo o staff é italiano. Não espanta que viajemos até Itália, quando entramos neste restaurante (50 lugares) em que somos acolhidos por Alessandro e a mulher, Stefania, com um “buongiorno, prego signora”.

Começamos por um Mellanzane alla Pargimigiana (€9), beringela com queijo parmesão; Fromaggi misti italiani DOP (12€), prato de queijos italianos, e Caprese con bufala Caserta (€10), mozzarella de búfala de Caserta e tomate. Seguem-se os Ravioli ricotta e spinaci (€16), massa caseira recheada com espinafres, com molho de tomate.

Para rematar Fruttini Gelato Artigianali (€12/ duas pessoas), gelados artesanais sem conservantes, recheiam a fruta que dá sabor ao gelado, feitos pela Antica Gelateria Matteo e chegam diariamente de Itália. No verão há música italiana ao vivo na esplanada deste restaurante, que apenas encerra ao domingo.

Acompanhe o Boa Cama Boa Mesa no Facebook e no Instagram!