Boa Cama, Boa Mesa

Siga-nos

Perfil

Perfil

Boa Mesa

O Galo Negro: a carne maturada quer conquistar o Algarve!

Samuel da Rosa está de regresso aos fogões. Depois do Mèm, que veio revolucionar a oferta gastronómica de Loulé num inusitado local na serra, e que o vento, literalmente, levou, o chefe de 35 anos voltou à liderança de um restaurante, desta vez n’O Galo Negro em Monte Gordo. E contrariamente ao que o nome possa deixar pensar, não há galináceos na ementa. O forte da carta são as carnes maturadas e, claro, algumas propostas saídas da criatividade do chefe.



São poucos, ainda, os meses que o restaurante O Galo Negro leva de portas abertas. Mas abre com ambição e com a vontade de “colocar Monte Gordo no mapa gastronómico do Sotavento Algarvio”. Numa sala onde a sobriedade impera, aposta-se também no serviço de vinhos e na mixologia, para provar aos clientes que há mais Algarve, além daquele que habitualmente enche de gente nos meses de verão.

Para começar, no restaurante O Galo Negro, há um “Tártaro de Rubia Gallega, com parmentier de amarguinha e gema de ovo” (€4). Depois, vem a “Papada, pão-de-ló de limão e demiglase de amendoim” (€7,50). Segue-se o “Gambão a baixa temperatura com caril de manga” (€8,50) e o “Tutano, marmelada e pickle de couve-flor” (€7,50).



Antes de partir para o corte de carne que quer provar no restaurante O Galo Negro, escolha um dos cinco molhos e um dos sete acompanhamentos e prepare o apetite. Há, à disposição, “Black Angus” com 30 dias de maturação e “Rubia Gallega” maturada durante 45 dias. O “Entrecôte” de “Black Angus” abre as propostas, seguindo-se o “Costeletão”, o “T- Boné”, o “Lombo” e o “Tomahawk” servido ao quilo (€65). A “Picanha” e a “Vazia” fecham o lote da carne maturada (preço médio: €20).

As ofertas da carta do restaurante O Galo Negro passam ainda pelo “Camarão Tigre, bisque e pérolas de maracujá” (€23), pelo “Lombo de Bacalhau 63º, grão, consumé de presunto e chalota confitada” (€15,50) e pelo “Magret de Pato, molho de frutos vermelhos e batata com funcho” (€18) e por “Barriga de Porco, puré de castanhas, vitelote e cenoura com gengibre” (€7). Para partilhar, há ainda “Cataplana de rabo de Boi” (€25), “Cataplana de bochechas de Porco Ibérico” (€21) e “Perna de Borrego no forno” (€27). As sugestões terminam com o simples, mas saboroso “Piano” (€17).



Termine a refeição no restaurante O Galo Negro com “Panacotta de Caril e leite de coco” (€5), com a “Mousse de chocolate fumado com café” (€6,50), com o “Cremoso de Mascarpone e gengibre com morangos” (€6) ou com um “Parfait de figo do Algarve com laranja e alfarroba” (€5,50).

O restaurante O Galo Negro (Rua Pedro Álvares Cabral, Monte Gordo. Tel. 914 298 793) só serve jantares, das 18h00 às 23h00.

Acompanhe o Boa Cama Boa Mesa no Facebook e no Instagram!