Boa Cama, Boa Mesa

Siga-nos

Perfil

Perfil

Boa Mesa

Que Criatura é esta? É o novo restaurante do Verride Palácio Santa Catarina

Nas arcadas do hotel, que outrora serviram de armazém ao palácio do século XVIII, arrumou-se o espaço, lavou-se-lhe a cara e criou-se o Criatura, um bar e restaurante com alma alfacinha

Depois de uma abertura discreta no final do ano passado, o Verride Palácio Santa Catarina, em Lisboa, que já gozava de uma localização privilegiadíssima mesmo ao lado do miradouro do Adamastor, decidiu abrir as portas à cidade e acrescentar à oferta de luxo mais uma novidade: um bar e restaurante com alma alfacinha, para os alfacinhas e os outros (os turistas), com ementa e preços amigos e um ambiente relaxado que pretende provar que os restaurantes de hotel também podem ser espaços de convívio despretensiosos e acessíveis a todos.

Nas arcadas do hotel, que outrora serviram de armazém ao palácio do século XVIII, arrumou-se o espaço, lavou-se-lhe a cara e criou-se o Criatura, um bar e restaurante alusivo ao mostrengo vizinho, protagonista das grandes tormentas por que passaram os navegadores portugueses, para comer a horas e fora delas, beber um copo ou petiscar sem compromisso na esplanada colada a um dos pólos de maior movimento da cidade - o próprio do Adamastor.

Depois do restaurante Suba, no último piso do hotel, apostado no conceito de fine dining, com dois menus de degustação inspirados pela vista panorâmica da sala, o chefe Bruno Carvalho, que passou pela Quinta das Lágrimas e pelo Hotel Tivoli, ambos em Coimbra, e ganhou mais experiência em Nova Iorque, São Paulo e Seychelles, aceitou o desafio de criar uma ementa mais leve e tradicional com referências aos pratos e petiscos mais emblemáticos da gastronomia portuguesa e que é imagem de marca deste novíssimo Criatura.

A lista de entradas é generosa nos petiscos para que se possam picar diferentes exemplares tradicionais da gastronomia portuguesa, como é o caso da tábua de queijos ou de enchidos (€18), dos croquetes de leitão ou camarão com malagueta e alho (€6), que podem acompanhar uma salada de lentilhas com requeijão e citrinos (€12) ou completar a tempura de caranguejo de casca mole com wakame e pepino (€13).

Ao almoço, e até abril, o menu executivo fica por €15, com direito a entrada, prato fixo diário (que pode ser arroz de cabidela, feijoada ou cozido à portuguesa), sobremesa e um copo de vinho.

Vale a pena ir com tempo para ver com calma a coleção Portrait do fotógrafo britânico Bridget Jones (sim, é coincidência) e que integra o espólio privado de Joe Berardo. O restaurante Criatura (Rua de Santa Catarina, 1, Lisboa. Tel. 211 573 055) está aberto todo o dia entre o meio-dia e a meia-noite, com encerramento semanal à segunda-feira.

Acompanhe o Boa Cama Boa Mesa no Facebook e no Instagram!