Boa Cama, Boa Mesa

Siga-nos

Perfil

Perfil

Boa Mesa

Rei dos Leitões: o monarca da restauração da Mealhada

O nome não engana, mas diz pouco sobre o que verdadeiramente se leva à mesa. Há leitão, claro, mas há também uma seleção do melhor que o mar e a terra podem dar

Durante décadas a Mealhada era o destino nacional para quem queria comer Leitão. A avenida principal, carinhosamente chamada de “Milha Dourada”, era um dos únicos locais da Europa onde num curto espaço se concentravam mais restaurantes a servir, exclusivamente, o mesmo produto. O Rei dos Leitões era mais um desses espaços (tem 70 anos de portas abertas) até ao dia em que decidiu mudar.

Em boa hora o Rei dos Leitões deixou de fazer justiça apenas ao nome. Continua a ser o monarca do bacorinho, que serve como ninguém, preparado em fornos próprios, mas hoje é muito mais. É uma das razões para que se viaje até à Mealhada e é o restaurante responsável por uma verdadeira revolução local, tendo provado que se pode continuar a servir Leitão, mas que a gastronomia hoje é muito mais do que isso.



O restaurante Rei dos Leitões, pode dizer-se, não para. No ano passado levou obras profundas que trouxeram uma cozinha nova, ao nível das melhores do país. Mais recentemente, alteraram a sala, dotando-a de mais elegância e requinte, construindo também um enorme aquário onde o mais fresco marisco aguarda destino final, nas mãos do chefe Carlos Fernandes. Apostado em alterar a face da gastronomia local, a equipa de cozinha surpreende a cada prato que serve, conseguindo conquistar tudo e todos com o magnífico arroz de lavagante que agora serve, fartamente acompanhado com ovas e um arroz caldoso que roça a perfeição.



Mas, o Rei dos Leitões é muito mais do que só a comida. É uma das melhores garrafeiras de Portugal, com mais de 2200 referências e sempre a crescer, é a Mesa do Rei, para dez pessoa onde se fazem refeições familiares ou empresariais discretas, ou é a nova sala, com lareira, onde cabem pouco mais de 20 comensais, com um terraço e lareira onde se fazem jantares temáticos, provas de vinhos e tudo o que a imaginação (que é muita), possa ditar.



De forma segura, calma e objetiva, o restaurante Rei dos Leitões (Avenida da Restauração, 17, Mealhada. Tel. 231 202 093) é hoje uma referência para todos os que gostam de boa gastronomia. A carta espalha-se por entradas, como a Salada de favas, camarão, tomate e coentros (€11,47) ou os passarinhos fritos com castanhas, sugestões de marisco e do mar, continuando com propostas biológicas, da terra, do porco, do monte ou da capoeira. Arrisca ainda a servir outros pratos, como o “Kobe beef” com espargos verdes, Portobello e creme de batata (€38,47), ou um “Bife do lombo”, maturado, com risotto de cogumelos e trufas (€28,47).

Quanto ao Leitão, a dose de 300 gramas (€16,97) acompanha com a tradicional guarnição que inclui batatas cozidas, e chega à mesa sob a forma de “Isquinhas” de fígado fritas ou grelhadas (€9,47). Assente num fenomenal serviço de sala, o Rei dos Leitões é gerido de forma irrepreensível por Paulo Rodrigues e Licínia Ferreira que, além de enaltecerem o passado da casa e as sete décadas de história, provam que os melhores dias ainda estão para chegar.

Acompanhe o Boa Cama Boa Mesa no Facebook e no Instagram!