Boa Cama, Boa Mesa

Siga-nos

Perfil

Perfil

Boa Mesa

Restaurante G: elogio à região de Trás-os-Montes

Fernando Brandão

Finalmente, acabaram as obras de modernização da Pousada de São Bartolomeu em Bragança, que a tornaram mais colorida, mas moderna e muito mais confortável. Finalmente, a cozinha do Restaurante G tem condições de brilhar (ainda mais) com vista para o castelo de Bragança, e de colocar o destino que para uns é mais do que remoto, no centro das atenções gastronómicas nacionais.



Vale a pena fazer-se à estrada e descobrir este Restaurante G, numa das encostas da cidade de Bragança, liderado por uma dupla de irmãos que, vindos de uma família com pergaminhos na gastronomia local, deram à cidade um espaço cosmopolita e elegante, capaz de rivalizar com muitos localizados nas grandes cidades ou em pleno litoral. Óscar e Tó Gonçalves optaram pela forma mais difícil de fazer as coisas, e em vez de se deslocarem para cozinhas ou salas da capital, preferiram dar razões a quem gosta de comer bem para ir até Bragança.

A aposta da dupla de irmãos está, aparentemente ganha. Em 2017 o Restaurante G foi vencedor de um Garfo de Ouro para o guia Boa Cama Boa Mesa, que mais do que a gastronomia, premiou a ousadia em misturar sabores regionais com técnicas modernas, fazendo sempre prevalecer o produto e a região. Garantidamente, quem aqui jantar vai poder usufruir de uma experiência única, marcada pela força dos sabores da região e pela criatividade da cozinha.



Quer escolha à carta ou opte por um dos menus de degustação, no Restaurante G prepare-se para uma refeição para partilhar e mais tarde recordar. Os dois responsáveis, (insiste-se) vindos de uma família com tradições na restauração local, deram neste espaço o salto definitivo que faltava para afirmar a localidade como destino gastronómico.

O couvert pode ser uma bola de Berlim com queijo Terrincho e presunto bísaro ou um Ferrero Rocher de alheira com amêndoa e ouro comestível. Embora o pretendido seja levar o cliente por uma viagem por Trás-os-Montes, são utilizados outros sabores como forma de contraste. O carabineiro algarvio e azedo de Bragança é um bom exemplo. A verdadeira surpresa está no rodovalho e arroz negro de mexilhões, no contraste entre a doçura do peixe e a acidez do vinagrete. E tal como seria de esperar, a carta nunca está fechada, mudando ao sabor das estações, mas principalmente dos magníficos produtos sazonais que vão aparecendo em produtores locais e nos mercados da região.



O restaurante G (Pousada de Bragança, Rua Estrada do Turismo, Bragança. Tel. 273 331 493) distingue-se também pelas propostas vínicas, com sugestões inusitadas e preferencilamente da região. Em caso de dúvida, não hesite em solicitar ajuda e aproveite para abusar do vinho a copo e conhecer novas referências. Preço médio: €40.

Guia Boa Cama Boa Mesa 2017

Com o restaurante G, em Bragança, o Boa Cama Boa Mesa inicia uma ronda semanal pelos premiados da edição 2017 do Guia Boa Cama Boa Mesa, quando faltam poucos meses para se conhecerem os vencedores deste ano. Recorde a lista dos melhores, no artigo Guia Boa Cama Boa Mesa: Restaurante LOCO e Belmond Reid's Palace vencem em 2017

Acompanhe o Boa Cama Boa Mesa no Facebook e no Instagram!